Serviços - Pintura  
 
   
Serviços
Pintura
Anodização
Processo
   

PINTURA A PÓ


Na pintura eletrostática a pó a tinta é aplicada sobre o alumínio automaticamente ou manualmente através de equipamentos eletrostáticos. Na ponta da pistola eletrostática é criado um campo eletrostático para formação de íons negativos. A peça de alumínio atua como polo positivo pela existência do campo eletrostático que induz na peça a criação de íons positivos. É desta forma que a tinta a pó adere na peça de alumínio.

 

OBJETIVO DA PINTURA A PÓ


O objetivo da pintura a pó é embelezar e proteger a peça de alumínio. Proporciona qualidade ao acabamento, variedade nas cores e tem ótima resistência.

 

O QUE REGULAMENTA A PINTURA A PÓ


Como não existem normas nacionais específicas para esta atividade seguimos normas internacionais - British Standard (Inglaterra) Qualicoat.

 

PINTURA A PÓ CONFORME NORMAS BS 6496



A: Para perfis e chapas em alumínio a composição da liga é importante para um bom pré-tratamento, pois a cromatização é formulada para estas ligas. É de um bom pré-tratamento que se tem uma boa aderência da tinta no alumínio ( BS 6496 itens 8 e 13.1).


B: A espessura da tinta após curada pode variar de 40 a 120 micras - para termos a cura da tinta a pó sobre o alumínio devemos ter temperaturas na peça e tempo de cura: 15 minutos a 190º C 10 minutos a 200º C 08 minutos a 210º C ( BS 6496 itens 4 e 10.5)


C: Nas aplicações arquitetônicas utilizam-se testes de conformidade conforme normas:


BS 6496 item 15.1 Salt Spray (zona marítima)
BS 6496 item 16 Teste de Resistência a Impacto
BS 6496 item 17 Teste de Aderência Úmida
BS 3900 item C5 Medição Espessura da Tinta
BS 3900 item D5 Medição do Brilho
BS 3900 item E1 Teste de Flexibilidade
BS 3900 item E6 Teste de Aderência Seca
BS 3900 item F3 Teste de Intemperismo Acelerado

 

PINTURA A PÓ CONFORME NORMAS BS 6496


A: PRÉ-TRATAMENTO:

A.1: DESENGRAXE:
Processo químico no qual se removem óleos, graxas e outras impurezas do material a ser pintado.A.2: LAVAGEM:
Processo para remover os excessos deixados no processo anterior (desengraxe) evitando assim a contaminação dos processos posteriores.

A.3: CROMATIZAÇÃO:
Proceso químico utilizado para formação de uma camada de cromato. A superfície do alumínio é convertida em uma aderente camada de mistura de óxidos metálicos e isto proporcionará a resistência à corrosão, aderência e durabilidade da superfície do alumínio quando pintada.

A.4: SECAGEM:
Efetua-se a secagem da superfície cromatizada a uma temperatura média de 75º C para eliminar toda a úmidade presente ficando a mesma pronta para receber a pintura(tinta a pó).

B: PINTURA:

Com equipamento de pintura (pistolas) aplicamos o pó sobre o alumínio. Após, colocamos em uma estufa onde será feita a polimerização da tinta formando um filme rígido que é a pintura pronta.

 

TINTA EM PÓ

Na pintura de perfis de alumínio para fins arquitetônicos (esquadrias, etc...) usamos a resina "poliéster" pois apresenta maior resistência aos raios ultra-violetas não alterando significativamente a sua coloração quando expostas aos raios solares.


MANUTENÇÃO E CONSERVAÇÃO


A limpeza e conservação das peças deve ser feita regularmente para manter as propriedades decorativas com uma solução de detergente neutro dissolvido em água e aplicado com um pano ou esponja, nunca utilizando materiais ásperos (BomBril). Não utilizar produtos como alcool, éter ou acetonas. O período de limpeza depende de alguns fatores como localização do ímovel, meio ambiente (industrial, marítimo, poluição), ventos predominantes que possam causar erosão na camada pintada (vento com areia). A radiação da luz ultravioleta é maior nas zonas marítimas devido à umidade do ar. A degradação da tinta poliester é proporcional ao descoloramento da cor.


RECOMENDA-SE OS SEGUINTES INTERVALOS DE LIMPEZA

ZONA MARÍTIMA

MENSAL

ZONA COMERCIAL

TRIMESTRAL

ZONAS POUCO AGRESSIVAS 18 MESES

 

CUIDADOS NECESSÁRIOS


Cuidar no transporte, armazenamento e manuseio das esquadrias de alumínio.
No caso de arranhões leves usar uma cera de polir automotiva tipo Grand Prix.
No caso de respingo com tinta látex, retirar a mesma com alcool e em seguida passar cera automotiva. ( Não utilizar o alcool como produto de limpeza).
No caso de respingo com argamassa o cuidado deve ser redobrado pois a areia pode riscar a pintura (ajudar com os dedos).

 

   

 

 

 

 



 

 

TECNOQUIM Comério de Produtos Químicos Ltda.